Embalagem plástica melhora armazenagem de soja

Por admin • ago 23rd, 2010 • Categoria: Benefícios

Substituir o tradicional saco de papel multifoliado ou de rafia (polipropileno trançado), utilizado para armazenar sementes de soja, por embalagens plásticas é a alternativa para solucionar o problema de armazenagem de grãos em regiões úmidas (Norte e Nordeste brasileiro).

Essa tecnologia, testada na última safra de soja, vai ser apresentada pelo pesquisador Ademir Henning, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, amanhã, dia 14, no AgroBalsas 2002, em Balsas, MA. Henning armazenou, por 6 meses, 24 sacas de soja em ambientes sem condicionamento de ar no Maranhão e no Sul do Piauí.

Doze sacas de soja foram colocadas em sacos de rafia e 12 armazenadas em sacos plásticos. De acordo com os testes de germinação, que avaliaram a qualidade das sementes, o material armazenado em sacos de papel apresentou nível de germinação abaixo do mínimo exigido, enquanto as demais sementes tiveram vigor e geminação acima de 80%.

Segundo o pesquisador, fato importante a ser observado é o nível de umidade para secagem da semente. Ao invés de secar as sementes a 12 ou 13 graus de umidade (padrão tradicional), as sementes de soja armazenadas em sacos plásticos precisam ser secas com nível de umidade inferior a 9%.

“No entanto, o processo deve ser feito com equipamento adequado e com acompanhamento técnico para evitar os danos mecânicos”, diz Henning. Como o plástico evita a troca de umidade com o ambiente, será possível dispensar o armazenamento em ambientes condicionados, o que encarece o custo final do produto. “Com o plástico, a soja poderá ser armazenada na própria propriedade por 8 ou 9 meses, garantindo o vigor e a germinação da semente”.

Lebna Landgraf – MTb 2903 – Fonte : Embrapa

Deixe uma resposta