SIMPED destaca a sustentabilidade do plástico

Por admin • jan 28th, 2011 • Categoria: Embalagens

A importância do plástico para o desenvolvimento de diversos setores da economia é indiscutível.

Sindicato destaca a sustentabilidade do plástico

A importância do plástico para o desenvolvimento de diversos setores da economia é indiscutível. Em um passado recente, o plástico foi considerado uma grande solução para o meio ambiente. As suas aplicações desde as sacolas que substituíram os sacos de papel, os canos de PVC que não contaminam a água, embalagens higiênicas para alimentos e muitas outras aplicações facilitaram a vida de todos.

Segundo o SIMPEP – Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná-, existem progressos que jamais retrocedem. Não é possível viver sem o uso de plástico, material presente em quase tudo o que usamos como: computadores, CDs, DVDs, carros, eletroeletrônicos, utensílios, construção civil, móveis, material de higiene, entre tantas outras coisas que são de suma importância no cotidiano das pessoas.

O mundo vive uma fase de falta de cultura e de conscientização em reciclar e reaproveitar, isso faz com que o plástico seja julgado como vilão do planeta. Não se pode resolver um problema começando por suas consequências e sim pelos fatores que podem ocasioná-los.

Segundo a presidente do SIMPEP, Denise Dybas Dias o plástico revolucionou a vida do homem atual. “Se todos os esforços e investimentos para promover a imagem dos plásticos como poluidores do meio ambiente fossem direcionados para a promoção da reciclagem e da importância da conscientização em separar o lixo, resolveríamos todos os problemas desta questão e ainda ganharíamos em geração de renda e riquezas”, diz.

“Faltam ainda no Brasil, políticas que incentivem e valorizem as indústrias de reciclagem. Estas que atualmente sofrem como todas as outras indústrias do país com a alta carga tributária e outros desafios, quando deveriam ser consideradas como prestadoras de serviços e de utilidade pública”, completa a presidente.

Hoje o Paraná conta com mais de 600 empresas de transformação do plástico, contribuindo decisivamente com a economia do estado, dando oportunidade de empregos para cerca de 18 mil pessoas.
Em torno de 200 empresas de reciclagem de resinas termoplásticas também estão instaladas no Paraná, que juntas reciclam 100 mil toneladas de plástico e geram na faixa de 3 mil empregos diretos e mais de 10 mil indiretos.

Fonte: www.abief.com.br

Deixe uma resposta